General Motors impede entrada dos trabalhadores em São José

A General Motors fechou as portas da sua fábrica de São José dos Campos, interior de São Paulo, na madrugada da terça-feira, 24. Segundo o sindicato dos metalúrgicos da região, a companhia dispensou os trabalhadores do terceiro turno que estavam dentro da planta. Os funcionários do primeiro turno foram avisados de que não iriam trabalhar já no ponto de ônibus e o transporte para a unidade foi cancelado. O complexo de São José dos Campos emprega cerca de 7,2 mil pessoas. Um das fábricas, a MVA, é responsável pela produção do Corsa, Classic e Meriva. Estas linhas, no entanto, devem ser desativadas em breve, já que os modelos são antigos e a GM está em fase de renovação do portfólio. No complexo são fabricadas ainda a picape S10, motores, cabeçotes e componentes. Em comunicado, a companhia apontou que a decisão de fechar a fábrica tem como objetivo proteger a integridade física dos trabalhadores. A fabricante vai se reunir com o sindicato na quarta-feira, 25, para discutir se é viável manter a produção da unidade MVA.

Fonte: Automotive Business

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícia Especial e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s